Quem sou eu

29/08/2007

Dance of wolves

**

São tantas faces que levamos dentro de nós!

O lobo é a que me atenho no momento

E acredito que é nossa tarefa, no decorrer das existências

integrá-las, harmonizá-las todas junto à nossa essência única,

no meu entender esta é a iluminação.

Mas enquanto isso não acontece, precisamos nunca nos perder

de nossa essência, aconteça o que acontecer,

já que no momento que nos perdemos de nossa essência

ao invés de voarmos rumo a nossa iluminação

Mergulharemos nos obscuros pântanos da esquizofrenia.


(Susie Sun)

.

27/08/2007

Na retina, o mundo



Paciência diz

meu querido Axl

Em sua cançäo

Tudo o que precisamos

É um pouco de paciência

Reflito e olho

Para o céu

Buscando você

E descubro

Que o universo está

Retido na retina do meu olhar

Devo aprender

A te reconhecer

Parar de confrundir as faces

Compreendo então

Que primeiro devo

Ouvir você dentro de mim

No universo por trás

Da retina do meu olhar...


(Susie Sun)

Amar a si mesmo...



“ Ame ao próximo como a si mesmo." E penso que deve ser simultaneo e na mesma intensidade, pois se amarmos a nós primeiro, corremos o risco de nos tornarmos narcisistas, e um narcisista é muito CHATOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

(Susie Sun)

18/08/2007

Cavalo Selvagem com coração de Águia




Example

Link :FLOG LADY LAURA

Example

Jogo da Vida




Decorrentes das imposições da vida
Eis as cartas colocadas sobre a mesa...
De um baralho já com dobras e frisado
Que impele para fatos consumados.

Como um jogo,dita as regras,o destino,
As apostas são o blefe a definir
Se vale ou não a pena,pagar ou não pra ver,
Já que a história começada tem um fim.

Quem sabe a carta na manga,escondida,
Possa mudar a sorte pré- estabelecida...
Um “Royal Flush”de repente,é a saída,
Com sutileza,a esperança renascida.

Breves momentos,instantes de transgressão,
E as fichas recolhidas traçam nova versão...
Alucinação?Quem é que dribla o destino?
Termina o jogo...Fim de mais uma ilusão!

_Açucena_

Obs.: Fotografia da irmã estelar Açucena


Link :FLOG DA AÇUCENA

15/08/2007

Fadas




FADAS SÃO PEQUENOS SERES ENCANTADOS

QUE POVOAM O MUNDO DA IMAGINAÇÃO

E GUARDAM ANTIGOS SONHOS, JÁ PASSADOS,

NUM COFRE FORTE EM NOSSO CORAÇÃO...


(do querido amigo Bené Polk)




Example

.

11/08/2007

EU E MEU PAI, QUE HOJE HABITA OUTRAS DIMENSÕES DO SER




PAI TE AMO !!!

OBRIGADA POR SER GRANDEMENTE RESPONSÁVEL DE EU SER QUEM SOU, E TER O CAMINHO DO BEM ESCOLHIDO.

OBRIGADA POR TER ME ENSINADO A EDUCAÇÃO DE ALMA!

OBRIGADA POR TER ME MOSTRADO, VOCÊ E MINHA MÃE, QUE O CAMINHO DA HONESTIDADE É INFINITAMENTE MELHOR, MESMO QUE MOMENTANEAMENTE NÃO PAREÇA.

OBRIGADA POR ME FAZER VER QUE A DIGNIDADE ESTÁ ACIMA DE TUDO.

FOI UMA GRANDE HONRA TÊ-LO COMO PAI.

Suzana Jacobs – Susie Sun

Example

Eu Prisioneira de mim




Example

Example

10/08/2007

ARROJOS



Example
Example

Obs.: Gif by Lady Laura

05/08/2007


Example

Luz




O Bem é Luz....
Luz se propaga....
De que adianta querer e não escolher.
Escolha requer atitude, decisão, firmeza.
Livre Arbítrio!
O que é a maldade, senão fraqueza...
A fraqueza da negligÊncia, da permissividade....
É o não agir, é inatividade....
Maldade se propaga às avessas....
É a falta de coragem....
É não fazer o que é preciso...
É falta de força!
O Bem É, o Amor É.
Simplemente É.
Livre Arbítrio!
Escolher o Bem...
É escolher Ser forte!
Uma luz quando acesa...
Começa a iluminar e sua mínima iluminação
Ainda sim, já É e afasta as trevas....
Porque as trevas é ausência....só isso...ausência.
E a Presença prevalece sobre a ausência.
E nos momentos mais difíceis...mesmo a luz de uma vela,
Por pequena que seja, já nos mostra o que precisamos ver...
E ao fazê-lo, faz luz, ainda mínima, Ainda luz ...
A escuridão vai para penumbra, ela está e não está...
Ela foi e é uma possibilidade....à espreita...
Livre Arbítrio....

Example


A vela não é fraca, sua mínima chama, afasta a escuridão...
E aí podemos escolher torna-la mais forte...
Ou podemos escolher nossa fraqueza...
E então Cedermos força à escuridão...
E então ...Ela se torna cada vez mais forte, porque ela cega!
E na cegueira que propaga, nos mantém fracos...
E então ela se torna forte!
E a maldade se Re-força...
Através do Medo e da Dor...
Da dor do medo....
O Bem É Luz!
Luz se Propaga!
E então, se vamos morrer...
Morramos lutando....
E então veremos....que não morreremos....
Porque o Bem é Luz, Luz se propaga...
E se fortalece a cada instante, a cada mínima atitude!
E a verdade é que estamos aqui, neste planeta, porque o Bem sabe, De nossa Força!

(Valéria Trindade)

.

Convite à Revolução Silenciosa




Para todo Ser que busca crescer, melhorar a si mesmo, ou seja virar “Gente” e sair de seu estado primitivo de ibernação na caverna, transformando-se num ser útil e ativo a favor de si mesmo e da rede social, seja no nível micro ou macrocósmico, sabe que a jornada não é fácil e o trajeto para dentro de si mesmo é longo; sabe que cada passo REAL dado em direção a si mesmo, é mais um campo conquistado em termos de progresso no que lhe cerca; os instrumentos e ensinamentos que se busca como apoio variam enormemente, alguns buscam na ciência, outros nas igrejas (sendo o leque ocidental bastante grande), filosofias orientais e ocidentais, livres pensadores, confrarias, psicologia... Enfim é um caleidoscópio de opções!

Devo seguir determinado santo, Jesus, Jung, Buda, Lúcifer, a filosofia Wicca, Maomé...
Isto tem gerado confusão, muitas vezes grandes atritos (até guerras), pois cada um julga que a sua escolha é a única a conter a verdade...

Na realidade pouco importa o que se escolhe, isto não é realmente importante, e sim os resultados práticos, sólidos e honestos que se conseguiu assimilar na árdua e maravilhosa jornada de amadurecimento e consciência do Ser! A questão aqui não é quem ou o que é melhor, mas se através do (s) suporte (s) escolhido (s) eu estou realmente progredindo, e cada um que progrediu um pouquinho sabe disso, portanto respeita toda e qualquer diferença, aliás o RESPEITO quando dominado já é um sinal de progresso. E meu parâmetro é: Você pode fazer o que desejar, tudo pode, desde que com consciência, já que quando alcançamos certo nível de compreensão / lucidez, passamos a prejudicar cada vez menos a nós mesmos e tudo o que nos cerca, incluindo nossa casa chamada Terra.

Nossas atitudes são sempre proporcionais a nossa consciência e no momento, o filme MATRIX mostra muito bem a atual situação das coisas, a grande maioria está DORMINDO e o triste é que poucos estão lutando por despertar deste SONO e é tão simples observar isto nesta realidade que nos cerca, guerras sem sentido, miséria e opulência lado a lado, irresponsabilidades que raiam a BURRICE, tanto no nível individual como governamentais; não é uma questão ética, moral ou religiosa, é burrice mesmo, pois como pode: estarmos destruindo, com voracidade, como cupins, a única casa que nos abriga chamada Planeta Terra???????????????????????????????????????????????????????????

Só existe uma real saída benéfica e construtiva desta situação: A REVOLUÇÃO SILENCIOSA ! Onde cada um deve utilizar o máximo de si, o máximo de sua energia possível com objetivo de despertar para consciência lucidez, aprimorando seu ser a cada situação vivenciada, buscando e descobrindo seu próprio caminho e neste trajeto estar sempre ciente que cada um é uma pequena parte de um contexto maior ( uma rede) e que você e este contexto maior (incluindo todos outros seres) são um só corpo, e cada célula,que é você, deve ser saudável para ter um corpo(sociedade) saudável, portanto a verdadeira revolução que pode mudar a realidade deste planeta está em suas mãos, começa no absoluto silêncio, em você para com você. Este terrível e maravilhoso conhecimento pode mudar o destino de nosso planeta. Não será um regime político, Jesus, Buda, Maomé, Alan Kardec, Wiccas, os Santos que farão isso, só você poderá interceder por você mesmo! DESPERTE!
Você terá ajuda sim, de todos os seres e filosofias em que acreditar, mas a sua “Auto-revolução” somente você poderá fazer, nada e ninguém farão o que é o seu DIREITO E DEVER !

(Susie Sun)


Faço minhas as seguintes palavras:

SE O GOVERNO É CORRUPTO , DEVE-SE EM PRIMEIRO LUGAR, RECONHECER QUE A SOCIEDADE GERA OS CORRUPTOS QUE A GOVERNAM, CONCLUIR SEM VERGONHA ALGUMA QUE ESTA SOCIEDADE ESTÁ CORROMPIDA. IMPOSSÍVEL QUERER ACREDITAR QUE O INDIVÍDUO TORNA-SE CORRUPTO AO ENTRAR PARA VIDA PÚBLICA. SUA CULTURA, OU SEJA, OS SEUS VALORES LHE FORAM INCUTIDOS PELA SOCIEDADE QUE O GEROU. (Eng. Mauro Bresolin – Empresário)

Sempre começa em cada um de nós, existe uma falha educação e auto-educaçao de sempre culparmos alguém e não prestarmos atenção em nós mesmos, o quanto temos de nos aperfeiçoar, que cometemos geralmente as mesmas falhas que apontamos em nossos pais, políticos, amigos, namorados e etc... pode ser em menor escala que os políticos, por exemplo, mas na maioria das vezes as falhas são as mesmas... Enquanto cada um de nós não tiver firme determinação em nos construirmos como indivíduos melhores, sempre viveremos o resultado que ai está, não só em termos de Brasil, mas planeta Terra. Conscientizar a mente e o coração, já é metade do caminho andado, depois o trabalho de nos construirmos... O movimento começa em nós, de dentro para fora e não o contrário, ou seja, de fora para dentro.

(Susie Sun)


.
Example

Qual a sua Força ?



EU NÃO VIVO FANTASIAS,

APENAS REALIZO SONHOS

SE QUERES JUNTO A MIM

O MESMO SONHO VIVER

BUSQUE O GUERREIRO

QUE HABITA TEU CORAÇÄO

QUANTO MAIOR O SONHO

MAIS FORTE TERÁS DE SER


GRANDES SONHOS

PEDEM A FORÇA

DO ESPÍRITO IMORTAL

E PARA REALIZAR O AMOR

EM SUA ABSOLUTA PLENITUDE

ESTE SONHO EXIGE A MAIOR

DAS FORÇAS DO VERDADEIRO

GUERREIRO DE TODAS ERAS

ESTA REALIZAÇÃO A MAIS BELA

NÃO TEM LUGAR PARA OS FRACOS


(SUSIE SUN)


.

Zahir




Segundo o escritor Jorge Luiz Borges, a idéia do Zahir vem da tradição Islâmica, e estima-se que surgiu em torno do século XVIII. Zahir, em árabe quer dizer visível, presente. Incapaz de passar despercebido. Algo ou alguém que , uma vez que entramos em contato , termina por ir ocupando pouco a pouco o nosso pensamento, até não conseguirmos nos concentrar em nada mais. Isso pode ser considerado santidade, ou loucura.

(Faubourg Saint-Péres)



É foi naquele bar
Noite alucinada
Noite fria lá fora
Quente dentro
Dentro de mim

Ao deparar-me com teu olhar fixo
Que atravessava minha carne
E desnudava-me com voracidade
Um olhar que buscava muito mais que a carne
Mas buscava minha alma
Como se ela pudesse dar respostas
Aos teus anseios nunca satisfeitos
Mesmo depois de devorar por completo tuas presas

Estavas acompanhado
Eu também rindo e brincando
Com a minha turma da noite
De muitas noites e tempos diversos
Mesmo sendo solar
Era a noite que fazia
Com que a orquídea negra
Desabrochasse em seu esplendor

Dois raros buscadores
Ocupando o mesmo espaço
Eu buscando o glorioso guerreiro
Você buscando a sólida base
Para poder alto levantar a tua lança

Mas eu estava me divertindo
Distraída e entretida com meu grupo
Você crendo eu mais uma caça
Intrigado já que percebia um brilho diferente
A força do sol a brilhar dentro da noite
Mas nem sol, nem estrela e nem lua
Apenas um sol negro oculto
Em inúmeros véus para iludir

Tu tentavas atravessar o último véu
Eu gargalhava, pois sentia tua força
Mas sabia que não poderias romper
A menos que se tornasse merecedor

Parti com meu grupo alegremente
Tu permanecestes com tua fêmea
E teus amigos e tua vida, tua rota
Eu segui a minha, entre risos e lágrimas
Para aqueles que fiéis são a si mesmos
E ao caminho que escolheram
O caminho é traçado proporcionalmente
Entre dores e alegrias, sombras e luz
Sangue e êxtase.

Estranhamente hoje,
longe daquele bar
Sinto o alcance de teu olhar
Ainda a me penetrar a alma
Sinto tua fome de mim
E tenho sede de teus lábios...
Esta fome e esta sede
Se uniram ferozmente
E não obedecem mais
O comando de nosso querer...

Forças de obstinada atração
Apenas homem e mulher
Que na alma se encontraram
E na carne buscam consumar
Antes que o fogo os consuma...

Não há distância, nem tempo
Que possam nos impedir
De nos sentirmos, seja como for

Somos frutos da mesma árvore
E esta árvore é frondosa e forte
Assim como o carvalho o é

Apenas um homem e uma mulher???


(Susie Sun)


.

Nem Rosa Nem Pele





Nem rosa nem pele
Suas mãos meus lábios
Nem desabrochar nem perfumar
Teu cheiro minha aurora

Minha pele exalta seu toque
Lábios que acariciam
Minha boca orvalhada
Do mágico licor vindo de você

Nem rosa nem pele
Apenas o deslizar de nossos corpos
Num ato embriagado de vida
Inalando o perfume da entrega

Brisa que atravessa envolvente
O jardim de minha alma
Trazendo seus sussurros de fogo
Meu corpo desabrochando

Example

Nem rosa nem pele
Aroma de amor fogo da paixão
Poderosa alquimia de remotos tempos
Incitando a trina sagrada comunhão


Agora um mergulho na sua magia
Para você meus mistérios desvendar
No momento que nossas mentes se calam
E nossos corpos a alma falam



A rosa deixa de existir
Cada pétala impregnada do perfume de mim
É entregue, uma a uma, aos teus lábios
Meu corpo e o aroma misturam-se à alma tua

A pele deixa de existir
Num ato de absoluto frenesi de nossos corpos
A pele se dissolve em nosso êxtase
Dissolvendo por completo a ilusão de separação

Pele que se refaz, nova, mulher plena
Plena de você, teu sangue, teu suor, teu sêmen
E deste novo chão nova rubra rosa gerada
Eternamente em meu coração desabrochada.

(Susie Sun)


Example

Um Amor por Inteiro




Quero um amor por inteiro...
Não desses que se repartem
Que magoam,que invadem
Que marcam presença,
Causam danos e partem...

Quero um amor sincero...
Que complete o que mais quero
Que entenda de sentimentos
Os mais puros e delicados
Os mais simples e complicados...

Example

Quero um amor diferente
Um amor transparente
Que me arrebate a alma
Deixe-me calma,que sem preconceitos
Sacie os anseios,viole os direitos...

Quero um amor alado
Que esvoace ao meu lado,
Que alcance meus pensamentos
Que os transpasse,que me abrace
E sem alarde,me ame de verdade."

(Carmen Lúcia – Açucena)

Um Brinde!




Um brinde
ao meu instinto intenso e
à minha insanidade.

Ao fragmento roubado
em cortes lentos
da sua carne,
agora em minhas unhas.

Example

Um brinde à sua descrença,
as vermelhas ruas que são as minhas veias.
Enganam-se os que pensam
que o meu manto é minha pele...
Meu sangue é que me veste!

Um brinde ao seu perfume aprazível,
exalando de sua alma adormecida
mas que eriça.
E por isso me desperta!

À sua vontade de jogar-me
no mais profundo abismo,
e no carinho do seu colo!

Um brinde
à cegueira nos teus olhos
que só podem enxergar-me
quando adormecidos.

Um brinde
quando se deita ardendo em desejos
e à sua acidez
quando regurgita o meu nome.

Um brinde à sua fúria,
ao seu medo e
também
à sua inércia
nos silenciosos beijos.

Um brinde à sua mão em minha garganta.
Ora raivosa, ora cheia de fome.

Um brinde à excitação dos seus dentes
em meu pescoço,
ao gozo de buscar vida em meu sangue.

Um brinde!
Ao suor,
mãos,
língua
e ao denso do seu sêmen...

(Lady Laura)


.

01/08/2007

O Caminho do Visionário




Example Uma das primeiras coisas que os bebês fazem é cantar para eles mesmos.As pessoas fazem isso espontaneamente – um uso diferente da voz.Por “música” não devemos limitar-nos ao conceito de letra e melodia, mas devemos entende-la como voz, enquanto voz, que é a deusa sânscrita VAK –deusa da fala, da música, da linguagem e da inteligência.

A voz, em si, é uma manifestação de nosso eu interior.
Gary Snyder, The real work

Direção: Leste
Elemento: Fogo
Criatura: Criaturas do deserto e Criaturas sem pernas
Recurso Humano: Visões
Tipo de Meditação: Caminhando
Estilo de Vida: Correto posicionamento
Caminho Quádruplo: Dizer a verdade
Bálsamo de Cura: Canto
Instrumento: Sino
Estação: Verão

Example DIZER A VERDADE, SEM CULPAR NEM JULGAR

Quando seguimos o caminho do Visionário somos capazes de tornar a verdade visível. Entre as sociedades indígenas os visionários podem ser xamãs ou artesãos; mas o que é mais importante, esses grupos sociais encorajam todos os seus membros a dizer e expressar a verdade.O princípio que guia o Visionário é dizer a verdade, sem acusar nem julgar. Quando expressamos o Visionário interior, conhecemos e compartilhamos nossos objetivos criativos e nossos sonhos de vida, agimos a partir de nosso eu autêntico, somos sinceros e honramos as quatro maneiras de ver.

Example Objetivos Criativos e Sonhos de Vida

Todas as culturas respeitam a importância da visionarização e seu poder de magnetizar, ou dar abertura ao espírito criativo. O arquétipo do Visionário já se tornou conhecido de todos nós como algo que, em silêncio, mas sem descanso, não nos deixa esquecer de nosso sonho ou propósito de vida.Como já assinalamos no caminho do Guerreiro, muitas culturas nativas americanas cultivam a crença de que cada indivíduo é um remédio original, único no planeta; portanto, é importante trazer para a terra o espírito criativo, o sonho ou o propósito de vida de cada um. A omissão impede que a saúde alcance nossa vida familiar ou profissional. Nossa missão é dar plena expansão aos nossos dons, talentos e recursos, e enfrentar os testes e desafios. Gandhi reconheceu essa simples verdade quando afirmou: “Minha vida é minha mensagem.”.


Se não és bom para ti mesmo, como poderás ser bom para os outros?
Provérbio espanhol (Feldman, A workd treasure)

Example AUTENTICIDADE

Quando nos lembramos de quem somos, damos vazão à nossa autenticidade. Muitas vezes, no entanto, somos forçados, em tenra idade, a esconder nosso eu verdadeiro para sobreviver. A partir de determinado ponto, esse esconder-se torna-se desnecessário, embora achemos difícil quebrar o hábito. Diariamente fazemos novas opções apoiados no eu autêntico ou no falso.

Entre algumas culturas americanas, o termo Arco Sagrado é sinônimo de autenticidade, ou de estar ligado à própria espiritualidade. Esses povos afirmam que, sempre que somos nós mesmos, estamos “em nosso Arco Sagrado”; e quando voltamos ao que somos, “nos sentamos dentro de nosso Arco Sagrado”.

Ed McGaa, Homem Águia entre os índios Sioux Oglala, nos fala em seu Rainbow tribe sobre o poder da cerimônia e do retorno ao eu: “O Grande Mistério é obviamente a Verdade. A proximidade que uma pessoa pode atingir em relação à Harmonia do Criador decidirá o alcance de poder de uma cerimônia”.

A maioria das tradições espirituais se refere a dois padrões que podem nos arrancar de nosso Arco Sagrado, de nossa verdadeira natureza. O psiquiatra Roger Walsh, em seu livro Staying alive, descreve-os como padrões de negação e padrões de indulgência. Todo ser humano, independentemente de seu condicionamento cultural e familiar, em algum momento, passa por essa experiência.

Expressamos negação em nossas vidas quanto evitamos determinadas pessoas ou problemas, e quando vemos as coisas apenas como queremos que elas sejam, em vez de aceita-las como são. Sob cada padrão de negação esconde-se o medo que temos de não sermos capazes de lidar com os conflitos, e uma profunda e humana necessidade de manter paz, equilíbrio e harmonia a todo custo. Na negação profunda, abandonaremos a nós mesmos para mantermos a paz, em vez de manifestar diretamente nossos sentimentos.

Expressamos indulgência quando dramatizamos ou buscamos sensacionalismo para nossas experiências. Quase sempre exageramos uma situação ou um problema para chamar atenção. Sob esse padrão esconde-se uma grande necessidade de sermos aceitos e aprovados, que é comandada tanto pelo medo de não ser visto como pelo medo de ser visto. As pessoas que fazem cenas têm ataques de raiva ou aumentam desproporcionalmente as coisas; na verdade, têm uma grande necessidade de serem aceitas. Porque sentem pavor de seu próprio sentimento de insegurança ou vulnerabilidade, utiliza-se do exagero como forma de escondê-los.

É o Visionário quem sabe dissolver as polaridades e paradoxos que se encontram nos padrões de negação e indulgência. O poeta persa Rumi, que vivem no século XIII (na tradução de Barks de Open secret), descreve esse processo:

Muito além dos conceitos de mal-fazer e bem-fazer
Existe um campo,
Lá te encontrarei.

Podemos liberar a criatividade que existe em cada um de nós, se deixarmos de lado os conceitos de certo e errado. Quando nos encontramos aptos a responder “sim” à pergunta: “Minha autovalorização é tão forte quanto minha autocrítica?”, estamos também aptos para colocar nossa expressão criativa além dos padrões de negação ou indulgência. Rumi sugere que o campo da criatividade ilimitada está sempre disponível quando nos mantemos vinculados à nossa autenticidade.

Eu estava vendo, de uma maneira sagrada, os contornos de todas as coisas em espírito, e a forma de todas as formas tal como devem viver, em conjunto, como um só ser. E vi que o arco sagrado de meu povo era um dentre muitos, que compunham um círculo, amplo como a luz do dia e das estrelas, e no seu centro crescia uma árvore muito, muito florida, para abrigar todos os filhos de uma mãe e de um pai.
- Alce Negro (Neihardt, Black elk speaks)


Example Dizer a Verdade

Porque os que não sabem chorar também não sabem sorrir.
Golda Meir (Van Ekeren, The speaker’s sourcebook)

A forma que o Visionário tem de conserver a autenticidade e permanecer dentro do Arco Sagrado é dizer a verdade sem acusar nem julgar. Dizer a verdade é um valor universal que destrói os padrões de negação e indulgência. Leslie Gray, que pertence à linhagem dos Oneida, Powattan e Seminole, e que une as disciplinas de Estudos de Etinas Nativas e psicologia afirma que, em certas culturas nativas, o falar a verdade é denominado “falar com a língua do espírito”. William Schultz, em The truth opinion, nos diz que a comunicação da verdade contribui para o enriquecimento interpessoal. Para nos apresentarmos em plenitude, uns frente aos outros, “e para chegar às relações humanas mais satisfatórias, devemos ser conscientes e honestos”.

Dizer a verdade, sem críticas ou julgamentos, é a capacidade de expressar as coisas como elas são. Os exemplos que se seguem mostram como podemos fazê-lo sem abdicar de nossas idéias ou sentimentos. Nenhuma sentença apresenta crítica ou julgamento, e todas refletem maneiras de se expressar “com a língua do espírito”:

“Estou com ciúmes e com medo de perder você’.

“Estou me sentindo tão crítico, tão juiz, neste momento, que não confio no que vou dizer.”

“Estou desapontado com essa situação porque esperei demais dela”.

“Estou me sentindo inseguro neste momento, e preciso de seu apoio.”

“Estou com tanta raiva e tão irritado agora, que preciso de um tempo”.

“Não sei em que nossas posições se assemelham”.

“Esse estilo de comunicação não funciona para mim".

“Estou bastante contente com este novo emprego, mas preciso de maior esclarecimento sobre essas tarefas”.

A comunicação que se faz marcar pela integridade sempre leva em consideração o tempo e o contexto antes de liberar o conteúdo. Muitas vezes sabemos exatamente o que queremos dizer, mas não levamos em consideração se é o devido tempo ou o devido lugar para expressar o conteúdo da comunicação. A comunicação direta – declarar o que vemos, sem culpar nem julgar – significa que devemos considerar o alinhamento entre a escolha das palavras apropriadas, o tom da voz e a postura corporal.

sede insaciável pela verdade que desejo para mim
Miguel de Unamuno, Tragic sense of life.

(Angeles Arrien)


Example


.

By Susie Sun - Photoshop Work & Photos

Scan Online:

Real Time Virus Repporting:

Virus Info:

Virus Map:

ZEITGEIST : ACORDE!

ver em tela ampliada clike no quadrado no menu abaixo do filme ou no google: Link : ZEITGEIST LEGENDADO Para quem está percebendo que o sistema como se encontra não é mais adequado e para os que desejam despertar ou estão despertando, este filme é uma excelente luz inicial para uma diferente direção (LEGENDADO EM PORTUGUÊS).

Buddha Bar - Rumi Poem by Deepak Chopra and Demi Moore

Fractal Soul (Susie Sun) - Voice by Bruce A. Mc Mahon

MINHA ALMA FRACTAL - Susie Sun

UNIVERSOS PARALELOS - Emocionante filme científico - BBC

ZEITGEIST


Filme Imperdível! Básico pra quem se considera "pensante" e está insatisfeito com a posição de simples gado, tem solução sim!(legendado em Porutuguês)



Endereço do site (na entrada, no menu inferior você pode escolher o idioma que deseja ler). Clique no link abaixo ou copie na barra de seu navegador:
http://www.thezeitgeistmovement.com/

.

Às portas de uma nova percepção - O PONTO DE MUTAÇÃO

VERDADE, ILUSÃO OU MENTIRA ?

A Desert Rose

Desert Roses

Desert Roses
http://www.youtube.com/watch?v=WVuY9u-G26k